Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2007
Contam-se três embrulhos na minha magnífica árvore de Natal... Bom, a bem da verdade, a pobre da árvore já teve melhores anos... Mas, como diz o povo, se nós não gostarmos do que temos, quem é que vai gostar? (Não é bem assim, mas fiz as minhas adaptações...)

Mas o que me trás aqui hoje não é a minha árvore de Natal... Dessa falarei quando estiver repleta de prendas e parecer uma árvore a sério! O que me trás aqui hoje são as senhoras que embrulham as ditas prendas nos hipermercados

Por falta de tempo, ontem anuí a embrulhar a prenda do meu afilhado no próprio hipermercado. Confesso que acho o papel um bocado foleiro, e que a Leopoldina está um bocado fora de moda, mas atendendo a que o "Pai Natal" terá de levar o dita para terras nortenhas amanhã e que hoje o dia não se prevê com grandes tempos livres, do mal o menos: vai mesmo embrulhado no papel com desenhos da dita ave!

Tive então a possibilidade de admirar a forma lenta, despreocupada e pouco profissional com que aquelas pessoas, em concreto, trabalhavam. Bem sei que embrulhar prendas não será o sonho de ninguém, mas parece-me que seja qual for a tarefa a que nos propomos, no mínimo devemos executá-la com brio. Mas não! Eu ali à espera, e duas "matrafonas" na conversa e a comer bombons, enquanto eu olhava atónita para o relógio, que marcava quase 21h, e ainda com o jantar por fazer. Depois ainda demorou quase 10 minutos para fazer um embrulho meio torto!

Enfim, percebem agora porque é que a minha árvore está tão despidinha... Ainda não incorporei o espírito natalício este ano!


publicado por AB às 09:02 | link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De Lima a 14 de Dezembro de 2007 às 19:18
A mim ng me faz dessas, não sei porquê.


...devo inspirar ao brio.


De Rits a 13 de Dezembro de 2007 às 18:49
E eu gostava de partilhar outra relíquia de acontecimento passada, há já alguns anos, mas, presumo, nesse mesmo sítio a que te referes. Então cá vai: era uma prenda pequena. A senhora foi buscar o papelito e lá começou a fazer o embrulho (eu bem estava a achar o papel pequeno - e, repito, a prenda já de si era pequena -, mas deixei a senhora continuar o seu trabalho, não fosse o embrulho ficar mal feito (lol))...eis quando...tcharan!...ficava um bocadinho do presente à vista, sem papel por cima estás a ver?! E a senhora disse: Aqui está! E eu retorqui, questionando-a: "Acha que está bem assim?". A senhora então (com um ar muito chateado) virou-se, cortou um papelinho de 9cm2 e toca a colar no "buraco" para compor não sei bem o quê. Adivinha? Claro! Não trouxe o presente enbrulhado daquela maneira!!! Voltei a perguntar à senhora se achava que estava bem, ao que me respondeu que sim. Então eu disse-lhe (confesso que já zangada): "Pois eu não acho que esteja bem, por isso se não se importa vai fazer outro embrulho." E fez! Pena ter ficado tão mau ou pior do que o anterior!!!!! Mas já não estive para me chatear mais...


De Tosttas a 13 de Dezembro de 2007 às 16:03
Não devias dizer mal dessas encantadoras senhoras! No outro dia deixaram-me passar à frente de meio mundo só para me embrulharem uma prenda.

NB: Foi uma prenda de anos. As prendas de Natal ainda estão por serem pensadas, quanto mais compradas.


Comentar post

Definição: pessoa que fala muito e sem pensar.
mais sobre mim
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28


posts recentes

5/2010

4/2010

3/2010

2/2010

1/2010

HOJE.

CONTINUANDO.

CANSEI-ME.

DIA 79.

DIA 76.

arquivos

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

blogs SAPO
subscrever feeds