Sexta-feira, 29 de Fevereiro de 2008
Hoje apeteceu-me mudar de look - de vez em quando também é preciso.


publicado por AB às 23:33 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Domingo, 24 de Fevereiro de 2008
Ora bem, como eu sou bem mandada, não queria deixar terminar o fim-de-semana sem dar continuação à boa da corrente que me deixaram lá para os lados do Abat-jour (www.abat-jour.blogs.sapo.pt) - portanto aqui vai e seja o que Deus quiser (se alguém me quiser insultar, sinta-se à vontade para utilizar os comentários!):

Suculento
- faz-me lembrar comida. Comida boa, saborosa, que dá vontade de repetir. Também associo a macio, mas não consigo explicar muito bem porquê.

Paixão
- pela força que comporta. Porque caracteriza um estado que nos predispõe para o que der e vier; porque me lembra coisas boas.

Rio
- "rio, rio, rio... rio para não chorar"... e o rio que vejo aqui da minha janela - gosto de dualidades.

Volatilidade
- porque se adequa às circunstâncias...

Gaja
- não deve haver vocábulo pior para alguém se referir a uma mulher. É feio, ordinário, bregeiro... Detesto. Mas uso quando estou danada!

Rebuçado
- é querido e eu gosto.

Sombrinha
- é verdade, eu não digo chapéu-de-chuva; digo sombrinha!

Sujeito
- tentei indivíduo não gostaram... passei para sujeito (sim, sou eu a sujeita que usa sujeito!)... Não consigo referir-me a alguém como "o homem", o que é que querem?

Abominável
- palavra de sete escudos para dizer o óbvio, mas às vezes também é bom aprimorarmos as coisas.

Ósculo
- de preferência ardente.

Kitsch
- o trabalho que me deu descobrir o que era... Bendita wikipédia!

Otorrinolaringologista
- que orgulho que eu tinha por saber dizer e, melhor ainda, saber o significado!!

E finda que está a minha tarefa, passo a corrente para o Tosttas do www.thousanddirections.blogspot.com, para o VV (www.avidaaosquadradinhos.blogspot.com), para o Daniel (www.ametafisicadocostume.blogspot.com) e para quem a quiser apanhar no www.campolide.blogspot.com.


publicado por AB às 22:33 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2008
Ora bem... Eu sou pródiga em enganar-me no destinatário das sms... E também já aqui dei conta que, em certa altura da minha existência, fazia manualmente os cartõezinhos para oferecer ao meu namorado e chegava ao ponto de escrever uns poeminhas no verso...

Mas confesso que nunca recebi uma sms como a que alguém me enviou, durante a noite passada, inadvertidamente - digo isto porque, para além de não conhecer o número, pelo conteúdo percebe-se logo que não é para mim... Aliás, se o meu namorado me enviasse qualquer coisa do género, oferecer-lhe-ia um bilhete só de ida...

Então dizia assim:
"Beijo kido vou ninir. Amo muito tu"

Palavras para quê?!


publicado por AB às 21:41 | link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2008
E agora, antes de ir trabalhar (sim, leram bem, é "trabalhar" e não "dormir", conforme seria expectável a esta hora da noite), uma última advertência: tenham cuidado quando emprestam o carro aos vossos pais. Podem acabar o dia a ouvir isto no vosso rádio:



publicado por AB às 23:35 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Hoje, na Pós-Graduação, falava-se de Responsabilidade Social - essa coisa que está muito na moda, mas que poderá ser, em si mesma, absolutamente non sense. O orador era um dos maiores estudiosos de Adam Smith que eu conheço e, como não poderia deixar de ser, durante a apresentação foi fazendo algumas alusões ao mesmo.

Numa dessas passagens, contou-nos que, ao que parece, Adam Smith defendia que pouco se pode esperar das pessoas benevolentes. Podemos sim esperar - e muito - das pessoas egoístas, ambiciosas. E porquê? Ora bem, parece que o segredo está em saber que elas nos querem explorar e jogar com isso. Se alguém quer algo de nós - e nós sabêmo-lo -, é uma questão de sabermos fazer o jogo certo de modo a dar-lhe o que ela quer, mas retirando daí contrapartidas.

Acho que podia escrever uma tese sobre isto...


publicado por AB às 23:18 | link do post | comentar | favorito

Domingo, 17 de Fevereiro de 2008


Saldo do fim-de-semana?
Já tenho banheira! E faz bolhinhas!


publicado por AB às 18:56 | link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 14 de Fevereiro de 2008
Hoje ao fim da tarde, enquanto eu reclamava que estava a ficar doente e ninguém me ouvia (devo lembrar que a última vez que isto aconteceu eu acabei no hospital... mas adiante...), falava-se do que representa o dia dos namorados. Concluiu-se então que dar prendas compradas está demodé e que bom é oferecer coisas simples - de preferência com significado (nomeadamente um bilhetinho).

Nisto veio-me à memória o que eu ofereci no primeiro dia dos namorados que comemorei efectivamente. Do alto dos meus... bom, fiquemos por aqui... resolvi oferecer uma fotografia ao meu mais que tudo. Assim, pus mãos à obra: fiz uma moldura de cartolina, colei a dita fotografia e... Agora sim vem a parte pior: escrevi um poema na parte de trás! (A coisa ainda durou um tempinho, portanto ele até nem deve ter desgostado...)

Mas resolvi fazer isto porquê? Ora bem... Digamos que eu não era propriamente um exemplo de namorada... E estava fartinha de lhe oferecer cartões repetidos... Sim! É mesmo isso: nós trocávamos cartões com uma certa frequência e eu nunca me apercebia que a ilustração do meu era sempre igual!

O que é que eu acho deste dia?
Gosto da ideia dos bilhetinhos... Da mensagem simples. Não sou nada adepta do consumismo associado, muito menos das coisas pirosas cheias de coraçõezinhos que se vendem por aí. No fundo, este é apenas mais um dia. Não vale a pena dar grande importância a este, se nos outros não houver empenhamento.


publicado por AB às 19:26 | link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 13 de Fevereiro de 2008
"A hora da chuva, invariavelmente ao fim da tarde, era a sua hora preferida dos dias. [...] Era como se o céu inteiro rebentasse de repente, incapaz de adiar por mais tempo uma insustentável contenção: como o prazer suspenso até ao limite no corpo de uma mulher."


In "Equador", de Miguel Sousa Tavares




publicado por AB às 21:51 | link do post | comentar | favorito

GOOD MORNING SUNSHINE!!!


publicado por AB às 10:41 | link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 12 de Fevereiro de 2008
Aos poucos vai-se desenhando uma ideia... Ou assim espero, pelo menos... Acho que, nesta fase, a angústia começa a ser maior do que qualquer sonho que até aqui tenha alimentado...

Ou melhor, se calhar não lhe chamaria angústia... É mais um receio... Um receio grande... Enorme... De não conseguir atingir o objectivo que pretendo... E o pior é que não sinto que seja por falta de capacidade... É mesmo por falta de tempo... Por cansaço... Por não poder chegar a todo o lado... Por ter escolhido um caminho e agora ter de o seguir... Pela inevitabilidade...

Aos poucos vai-se desenhando uma ideia... Uma ideia adaptado aos novos tempos... À minha nova vida.

À minha nova vida no meu Eu ainda antigo... Tenho de mudar este Eu.


publicado por AB às 13:15 | link do post | comentar | favorito

Definição: pessoa que fala muito e sem pensar.
mais sobre mim
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28


posts recentes

5/2010

4/2010

3/2010

2/2010

1/2010

HOJE.

CONTINUANDO.

CANSEI-ME.

DIA 79.

DIA 76.

arquivos

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

blogs SAPO
subscrever feeds