Segunda-feira, 26 de Março de 2007
Não segui atentamente o programa, pelo que poderei ser injusta numa ou outra observação que aqui vou deixar... Mas dada a minha indignação, prefiro correr o risco...

Na passada semana ia no Metro e reparei numa notícia de um desses jornais de distribuição gratuita - que enchem o chão das carruagens, os caixotes do lixo, mas que pelo menos têm a virtude de pôr muita gente a ler qualquer coisa -, relativa àquele programa da RTP intitulado " O melhor português" ou lá como é que se chamava. Da leitura na diagonal que fiz retirei que, aparentemente, a "estação de televisão de todos os portugueses" (estes clichés matam-me!) estava receosa face à possibilidade de ganhar o outro senhor que caiu da cadeira.

E não é que ganhou mesmo?!

Enfim, eu não sei se os culpados foram os conterrâneos lá de Santa Comba Dão - que agora até têm um museu e talvez estejam a precisar de uma certa publicidade -, mas não deixa de ter a sua piada... Até porque, são os jovens tantas vezes injuriados por não saberem nada do 25 de Abril, e num programa de televisão em que o resultado depende da vontade do público, ganha logo o papão da Ditadura. É que vejamos: se os jovens não sabem nada do 25 de Abril, muito menos saberão quem foi o senhor que caiu da cadeira...

Não deixa de ser interessante a observação que era feita na tal notícia que comecei por referir e que, grosso modo, dizia o seguinte: "Os portugueses de meia idade são salazaristas às segundas e terças; e abrilistas às quartas, quintas e sextas". Ora bem... Atrevo-me a dizer que ao sábado e ao domingo também participam no jogo das cadeiras...

Enfim... É o que temos...


publicado por AB às 20:01 | link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De Lima a 26 de Março de 2007 às 21:05
Tirando o tom meio snob transmitido pelo enfoque no distanciamento do programa, está um texto correcto.

Faltou apenas dizer que, enquanto houverem meninos sem a minima noção da relidade, que vivem o trauma dos retornados através dos paizinhos, a votarem às 3 e 4 vezes, nunca se poderá dar muita credibilidade a um programa que, na sua fase preliminar, elegeu o Hélio Pestana - actor mais que secundário dos Morangos com Açúcar - como septagésimo qualquer coisa maior português.

Resta relevar que a história de Portugal se resume ao sec XX, tendo a palavra mais retida pelos Portugueses sido "Salazar".

Beijo, espero que estejas melhor


Comentar post

Definição: pessoa que fala muito e sem pensar.
mais sobre mim
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28


posts recentes

5/2010

4/2010

3/2010

2/2010

1/2010

HOJE.

CONTINUANDO.

CANSEI-ME.

DIA 79.

DIA 76.

arquivos

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

blogs SAPO
subscrever feeds