Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2007
É oficial:

Às 10 horas e 34 minutos da cinzenta manhã de hoje, padeceu a malfadada planta que ornamentava o meu humilde gabinete.

Dizem os entendidos que o motivo do óbito foi a seca, seguida de dilúvio, a que a pobre foi sujeita.

Trocando por miúdos: ofereceram-me uma planta, para o meu gabinete, pelo Natal. Quando chegou estava viçosa, cheia de folhinhas verdes e botõezinhos cor-de-rosa. Deixei-a morrer à sede logo nos primeiros dias; depois, na tentativa de ressuscitar a pobre e colmatar o mal já feito, alaguei-a! Deram hoje o veredicto final: dali já não nasce nada!

Conclusão: estou para a jardinagem assim como o Rodolfo, Pai Natal ou lá quem ele seja está para os blogs - em branco!


publicado por AB às 19:33 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2007
Estava prestes a escrever qualquer coisa sobre o Caso Esmeralda e a fazer a apologia da justiça e da legalidade (actualmente um tanto ou quanto pelas ruas da amargura), quando fiquei a saber, através de uma notícia de jornal, que um dos arguidos de um dos mais badalados mega-processos (ia dizer da "actualidade", mas já está quase esquecido) se candidatou ao CEJ e é quase certo que frequentará o próximo curso...

Sendo doutorado (grau académico que conquistou(?) em Espanha, segundo parece), não só não está sujeito à prestação das provas escrita e oral, como tem preferência sobre todos os outros candidatos...

Sim, seu sei... É inocente até prova em contrário... Mas frequentar o CEJ e poder vir a tornar-se juiz quando está acusado de 36 crimes (22 de lenocínio e 14 de abusos sexuais de menores) num processo que ainda não findou?!

Até as vísceras se me revoltam!


publicado por AB às 21:16 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2007
Ontem fui ver o Rocky Balboa e dei por mim a torcer pela sua vitória... E até com uma lágrimazita no canto do olho (tenho uma lágrima no canto do olho, tenho uma lágrima no canto do olho... lá lá lá).

Hoje, no carro, a caminho de casa, com o volume do rádio uns décibeis mais acima que o habitual, vibrei ao som do Real Wild Child (Wild One)... Qual motoqueira de cabelos ao vento.

Será dos chocolates que ando a comer? Tenho de verificar o prazo de validade...


publicado por AB às 21:30 | link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Domingo, 25 de Fevereiro de 2007
Quando me pediram opinião sobre o Blood Diamond, respondi: brutal!

Brutal em dois sentidos: no de violento e no de bem concebido.

Subitamente lembrei-me de Marylin Monroe e do seu Diamonds are a girls best friend... E nos artigos desportivos cujas etiquetas trazem made in vietnam e outros que tais... E a advertência que é feita no fim do filme, sobre o dever que impende sobre os compradores de se assegurarem da proveniência dos diamantes (aqui generalizando), pareceu-me ridícula.

É um facto que os expectadores saem todos mais ou menos comovidos... Mas são esses mesmo expectadores que são o mercado... E verdade seja dita: Archer tem muita razão quando diz que a oferta resulta da procura.

Em suma: coitadinhos, tanta guerra, 200 ooo crianças-soldado, tanta fome... Que visão animalesca! O que a ganância provoca!

Mas...

The French are glad to die for love
They delight in fighting duels
But I prefer a man who lives
And gives expensive jewels

A kiss on the hand may be quite continental
But diamonds are a girl's best friend

Diamonds!!... Diamonds!!...
- I don't mean rhinestones -
But Diamonds, Are A Girl's Best, Best Friend

É o eterno faz aquilo que eu digo, não faças aquilo que eu faço.


publicado por AB às 17:15 | link do post | comentar | favorito

Não gosto dos dias de Domingo... Não é que eu tenha alguma coisa contra o dia em si, mas a ideia de ter de me levantar cedo e ir trabalhar no dia seguinte é perturbadora.

Contudo, esta manhã de Domingo, em particular, parece-me uma boa altura para fazer qualquer coisa interessante, nomeadamente criar o blog já há tempos prometido. De facto, está a chover; tenho o nariz entupido o que me impede de dormir; não me apetece estudar... Enfim, tudo boas razões para me (re)lançar no maravilhoso mundo da blogosfera.

O que pretendo que seja este blog?

Bem, na realidade não auguro grande coisa - veja-se o nome! Mas pode ser que venha a sair daqui meia dúzia de linhas mais ou menos interessantes - quem sabe, não é?!

O nome...

Pensei em alguns, mas depois de alguma ponderação - isto requer uma certa maturação das ideias -, lembrei-me deste. Simples, despretensioso... E, convenhamos, assustadoramente real.

Afinal de contas, já alguém dizia um destes dias: "Ela não se cala!"


publicado por AB às 10:44 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Definição: pessoa que fala muito e sem pensar.
mais sobre mim
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28


posts recentes

5/2010

4/2010

3/2010

2/2010

1/2010

HOJE.

CONTINUANDO.

CANSEI-ME.

DIA 79.

DIA 76.

arquivos

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

blogs SAPO
subscrever feeds